Meu marido é gay

Assisti o documentário “Meu marido é gay” na GNT. Basicamente, fala sobre maridos que depois de anos de casados e com uma vida estável assumiram-se gays para suas esposas e famílias. Coisa difícil de se fazer e necessita muita coragem. Coragem de dar uma virada de 180 na sua vida e na vida de outras pessoas. Mas vamos por parte.

Kenneth Cole Ad Pro Gay Marriage

Assumir-se gay é complicado para algumas pessoas porque a sociedade impõe que ser gay é ser errado, então quando um jovem se dá conta desses dois fatores pode entrar em crise por ser uma pessoa errada, um freak. Muitos não têm coragem de se assumir nem para elas mesmas porque elas se preocupam com o seu próprio julgamento, imagine não ter controle sobre o julgamento de outras pessoas.

Enfrentado este primeiro estágio de auto-conhecimento e auto-aceitação é hora de decidir se você quer que o mundo saiba ou prefere guardar segredo em sete chaves. E uma coisa que um dos maridos falou no documentário foi: “Meu parceiro tem um pessoa completamente diferente do que minha esposa tinha. Ele me tem por inteiro, o pacote todo. Ela tinha só parte de mim”. E é isso que eu acredito por isso que falo para meus amigos, os de verdade, é claro, porque eu me sinto mal sendo “falso” em alguns aspectos. E para minha sorte, todos aceitaram numa boa e não mudaram o jeito de me tratar. E mais legal ainda, foi que a pessoa que disse claramente que poderia ter problemas com a revelação tornou-se meu melhor amigo.

Bem, agora casar e manter sua sexualidade em segredo mesmo descobrindo depois do casamento é algo complicado. Alguns escondem por causa da vida estável que já têm e da responsabilidade com a família. Outros escondem porque não conseguem se aceitar, mas uma hora a bomba estoura. Ou você morre sufocado pelo seu segredo ou você machuca completamente a pessoa que está do seu lado por décadas. E sair do armário depois de um casamento heterossexual parece ser meio egoísta porque por um lado um fica aliviado por poder ser ele mesmo, mas por outro lado, acaba com a vida da outra pessoa. É diferente quando um casamento acaba por causa de crises constantes e brigas. Acabar um casamento que é feliz e sem problemas é uma bomba atômica. No documentário muitas mulheres ficavam se perguntando por que ela, como se fosse um castigo. Elas se sentiam fracassadas. É complicado para elas porque toda aquela felicidade que sentiam repentinamente cai na área da dúvida. Para algumas era de verdade e conseguiram ver isso e superar. Para outras, ainda estão na fase de aceitação e manutenção da auto-estima.

Eu acho condenável entrar num casamento heterossexual sabendo da sua orientação sexual, mas reconheço que nem todas as pessoas têm a coragem de se aceitar e acabam entrando numa vida de mentiras para elas mesmas que acaba envolvendo outras pessoas ao redor. E todos os atos têm conseqüências.

E quem é o culpado de tudo isso? O mais imediato é a sociedade porque desde que o homem se conhece como um membro da sociedade, ele aprende que deve crescer, estudar, arranjar um trabalho, encontrar uma garota, casar e gerar descendentes. Para aqueles que não são fortes o suficiente ou não tem escolha, como casamento arranjados, essa é a regra e todo sentimento fora disso deve ser reprimido. Mas é fácil culpar a sociedade do que tentar mudá-la. Se todos os gays enrustidos do mundo (e olha que são muitos) começassem a criar coragem para assumir e ter sua vida do jeito que eles querem, a sociedade poderia começar a mudar e a vida não seria tão complicada.

Imagem: Kenneth Cole Ad Pro Gay Marriage

77 Respostas para “Meu marido é gay

  1. Dez anos juntos, há três ele “confessou” (porque eu descobri) que é bissexual, não conversamos muito sobre isso na época porque ele me prometeu que não ficaria mais atras de coisas gays na internet. Realmente ele parou, aconteceram coisas boas e ruins do sétimo ano pra cá, hoje esse assunto veio a tona de novo, ele jura que nunca me traiu nem com homem nem com mulher, mas que sente vontade de sair com homens e quer “negociar”, se saímos a três ou se permito que ele tenha sexo com homens. Pra nós, mulheres, é muito complicado, eu não consigo entender o sexo pelo sexo, mas ele diz que é só isso, que só quer sentir o corpo de outro homem, ter prazer e só. Sei que ele me ama, já provou isso e eu o amo muito, nos damos muito bem, ele me faz feliz.
    Não quero vê-lo infeliz ou incompleto, porque imagino que uma hora ou outra o desejo dele vai ser mais forte e ele vai acabar cedendo, pedi a ele que não minta pra mim, que isso é pior do que ouvi-lo dizer que tem desejo por homens. Mas acho que seu eu vier a “permitir” que ele tenha suas fantasias realizadas vou acabar ficando fria com ele..e acho que não tenho coragem de sair com ele e outro homem…é complicado, me sinto num labirinto.

  2. nossa! nunca imaginei passar por isso! Faz dois dias hoje que descobri que meu marido é gay, eu já vinha desconfiando de alguns atitudes dele comigo e eu já estava observando ele nos sites de relacionamento ate que um dia ele deixou o skayp aberto e vi tudo as conversas de que ele gostava era de rola grosa no cu. Meu deus quando eu terminei de ler a conversa meu mundo desabou e falei muitas coisas feia como ele chamei ele de tudo que não prestava e só faz 7 meses de relacionamento estava em lua de mel, vocês não imagina a dor que estou sentido, estou sofrendo muito ele continua negando diz que só era uma brincadeira virtual mas não passa a ser real, mas não acredito. gosto muito dele sou apaixonada mas a decepção foi muito grande não sei o que faço se me separo ou continuo nesse inferno de esta ao lado de uma pessoa que confiava tanto e me traiu de forma tão dolorosa. alguém por favo me ajuda! Pois já pensei em fazer besteira!

  3. Gente, que Antônio é esse, meu?! Cara, vc fala tudo! Que inteligente, sensata, correta postura de vida vc tem. Olha, sou mulher. Meu sonho era casar com um homem assim. Nuncaaaa encontrei uma pessoa que tivesse um caráter como o seu. Se vc fosse hetero te pediria em casamento..kkkkkkkkk! Parabéns!

  4. Sou Gay e não tenho vergonha.
    Primeiro ser gay ou lésbica não é opção e sim condição inata.
    Depois de 35 anos casado, senti que não segurava mais.
    Tive um relacionamento com outro homem que se dizia hétero, mas que sua esposa não dava no couro então por alguma razão a coisa aconteceu entre nós e viramos amantes.
    Depois para ser promovido na igreja ele se virou contra mim que não o quis ajudar em detrimento de outro.
    Quando me senti gay não tive dificuldades com minha esposa pois conseguia os dois relacionamentos. Mas quando o Sebastião me abandonou em troca de favores do ancião da igreja que se tornara amante dele sem eu saber então eu sofri.
    Separei de minha esposa para deixar ela livre mas a amo do mesmo jeito e sei que ela me ama.
    Mas preferi enfrentar a realidade. Sou Gay e gosto de homens, preferencialmente casados que vejam em mim uma alternativa.
    Vivo bem com meu filhos, e todos hoje me respeitam pois sexualidade deixou de ser um tabu entre nós.
    Apenas um lembrete, se você descobre que é gay antes de casar, não case. Respeite o que Deus te fez e encontrará no tempo certo o parceiro ou parceira que te entenda.
    Gay ou lésbica está nos domínios de Deus e Ele nos ama incondicionalmente.
    Espero ter ajudado!

  5. Mia, ia ficar só na minha resposta ao Biel, mas resolvi deixar um comentário ao seu relato. Juro para você que as últims palavras de seu relato são de uma crueldade que nem seu marido e nem ninguém nesse mundo merece. Prometo que rezarei por seus filhos, já que eles tem um pai com vida dupla e uma mãe que parece, acima de tudo, sentir-se enciumada por não ter despertado o mesmo desejo no marido, que um homem despertou, Você se lamenta por ter estragado seu corpo por ter gerado seus filhos? Meu Deus do céu, NENHUMA MÃE QUE AME OS FILHOS VERDADEIRAMENTE PENSARIA EM ESCREVER ISSO, EM MOMENTO NENHUM! Se você não é uma tremenda de uma egoista que realmente não gosta de seus filhos, ouça meu conselho, procure ajuda! Família é amor! Não importa quantas e que tipo de pessoas façam parte dela!

    • Gente, que Antônio é esse, meu?! Cara, vc fala tudo! Que inteligente, sensata, correta postura de vida vc tem. Olha, sou mulher. Meu sonho era casar com um homem assim. Nuncaaaa encontrei uma pessoa que tivesse um caráter como o seu. Se vc fosse hetero te pediria em casamento..kkkkkkkkk! Parabéns!

  6. Oi, há cerca de 3 semanas, meu marido me disse que estava em dúvida quanto a sua sexualidade. Estamos juntos há 10 anos, e temos 2 filhos de 4 e 2 anos. Um dia após ele ter me contado eu descobri este blog, pesquisando o assunto na internet, e a partir dos depoimentos que vi aqui, eu quis saber se ele já tinha tido alguma experiência e ele me contou que sim. Contou que há uns tres meses saiu com um homem tbm casado, que ele conheceu num cursinho no centro de SP. Eu sempre procurei ser o mais amiga dele possível, no entanto, não posso dizer que não me magoei muito. Não sou uma pessoa preconceituosa, admito que eu mesma me atraio tanto por homens quanto por mulheres, mas eu nunca me dei o direito de traí-lo por isso, porque para mim, a relação com ele sempre foi muito importante e eu não consigo absorver como ele pode fazer isso comigo; não sentar e conversar… não me dizer que eu não estava sendo o suficiente pra ele sentir prazer… Ele me disse que está avaliando a importância que nós temos para ele, que nem tudo é sexo, que quer continuar e me demonstrar que me ama, o fato é que eu não duvido que ele me ame, mas tambem acredito que o prazer que ele sentiu com aquele homem a quem ele não perguntou o nome e a quem ele nunca mais verá (pq ele me disse que não tentou estabelecer nenhum contato extra), é uma parte dele que nunca foi minha. Por que eu nunca o tive desatinado de desejo por mim e com essa pessoa ele foi impulsivo como nunca foi comigo. Acho que o que me dói mais é que eu sempre esperei pelo dia em que ele quisesse me levar a um motel ou fazer algo de diferente entre nós (pq nós nunca tivemos isso) e comigo ele sempre foi tão cristão. me dói ter dedicado tanto de mim a alguem que não me quis de verdade, me dói ter gerado (por mais que eu os ame) os filhos e estragado meu corpo e esgotado minha paciência por algo que passou a ser tão falso. O que é uma família?

  7. Aconteceu comigo, após 25 anos de casado minha esposa leu uns e-mails que eu esqueci de deletar, e o mundo caiu. Estava viciado em salas de bate-papo e marcava encontros com outros homens pela net, e ela escobriu tudo. Ela chorou uns 3 meses e já se passaram 2 anos e ela não me perdoou. Em qualquer briga o assunto volta a tona, nossa vida virou um inferno. Ela é uma excelente pessoa e não merecia o que fiz. Ela fica perguntando o motivo de te-la enganado e não sei responder. Amo minha esposa, só que tenho atração por outros homens, no fundo nem eu sei explicar. Então amigo, tome cuidado, não deixe ela saber por outras pessoa, se vc contar poderá ser que ela não te odeie.

  8. Namorei por 10 anos um homem casado. Hoje tenho 25. Terminamos o relacionamento há 1 ano. Sempre fui extremamente apaixonado por ele e, ele por mim.
    Ele nunca entrou em muitos detalhes sobre o seu relacionamento.
    Mas sei que quando começamos a namorar, ele estava casado há 1 ano. Eu já estava com ele quando suas duas filhas nasceram.
    Fomos muito felizes! Viajávamos juntos, jantávamos juntos, cineminha. Ele alugou uma casa pra mim, quando fiz 18 anos, me deu um carro, me ajudou financeiramente enquanto eu estava na faculdade. Só não pagou meu curso, pq minha facul era federal.
    Hoje terminamos e somos super amigos. Até hoje ele me dá uma espécie de pensão. Será pra sempre meu grande amor.
    E sobre a esposa dele…eu senti pena, mas não tive o que fazer, também me apaixonei, ué!
    Isso é mais comum do que vcs pensam, meus caros.
    Forte abraço!

    • Biel, espero sinceramente que a esposa de seu ex-namorado descubra que ele desvia dinheiro das filhas para sustentar um michê como você! Seu relato, se verdadeiro, é vergonhoso! Além de esse pilantra do seu ex-namorado ter te sustentado durante tantos anos, ainda te dá o que você chama de uma espécie de pensão. Você não tem direito a nenhum centavo, poia não existe bigamia no Brasil. Não queira dizer que sua situação é comum. Sua história é realmente triste e digno de pena é você e não a esposa de seu ex-amante! Tudo na vida tem um preço. Se você ainda não o pagou, certamente um dia pagará! Crie vergonha nessa sua cara de pau, Biel, e vá trabalhar e deixe em paz essa família de quem você já se aproveitou muito e de forma indevida! Você demonstra em seus comentários ser uma pessoa bem permissiva, provavelmente vinda de uma família desestruturada. Ninguém que tenha tido uma família minimamente presente conta esse tipo de história. Quer dizer que seus pais nunca procuraram saber de onde veio o dinheiro para alugar casa, comprar carro, pagar faculdade? Informo a todos aqueles que tiverem lido relatos de homossexuais como o Biel que, para cada Biel, existem dezenas de jovens homossexuais batalhadores, que sofrem para superar o preconceito contra a homossexualidade, são excelentes profissionais e vivem uma vida muito digna.

  9. OI GENTE,

    SOU CASADA HÁ 11 ANOS E PEGUEI NO HISTORICO DO MEU COMPUTADOR QUE MEU MARIDO VER SITE PORNO ENTRE HOMENS, SITE GAYS, ENTREI EM CHOQUE, LIGUEI PARA ELE, NA HORA, CONVERSEI COM ELE POR DOIS DIS E QUIZ ACABAR DIZENDO QUE CEDO OU TARDE ELE IRÁ SE ASSUMIR GAY, AFINAL ELE NEGA QUE SEJA GAY, DIZ QUE NAO TEM ATRAÇÃO POR HOMEM QUE APENAS GOSTA DE VER ESSAS COISAS QUE TEM TESAO… E AINDA MIM CONTOU QUE QUANDO TINHA 11 ANOS UM AMIGO DELE FAZIA SEXO ORAL NELE ATÉ QUE A VIZINHA DESCOBRIU E TUDO SE ACABOU…MAIS ELE MIM DISSE QUE SEMPRE GOSTOU DE MULHERES QUE SE EU MIM SEPARASSE DELE EU O VERIA DAQUI A DOIS TRES ANOS COM OUTRA MULHER NUNCA COM UM HOMEM, CHOROU DISSE QUE MIM AMAVA QUE NADA DO QUE VIVEMOS É FALSO…E QUE ELE NAO SE VER COM UM HOMEM NUNCA QUE UMA COISA E ASSISTIR E OUTRA FAZER…ESTOU COM TANTO MEDO, TENHO MEDO DE FICAR COM ELE E NO FUTURO ELE SE ASSUMA, TEMOS TRES FILHOS, 2 MENINOS E 1 UMA MENINA…OTIMO PAI UM GRANDE HOMEM NAO DAR NEM PRA ACREDITAR NISSO, NAO SEI O QUE FAZER…DISSE A ELE QUE ELE MIM USA PARA NAO SE ASSUMIR E INSISTE QUE NAO, QUE MIM AMA, ALGUEM POR FAVOR MIM ACONSELHE

  10. Tenho 34 anos, sou noivo de uma moça linda e eu a amo muito, nossa vida sexual é ativa, e muito boa, no entanto eu tambem sinto atração por homens.Minha vida é toda pautada em modelos heterossexuais e meu comportamento é totalmente másculo, no entanto isso não tirou de mim o inteso desejo pelo mesmo sexo.Há tantos homens que traem as suas mulheres com outras mulheres e voltam pra casa e pra suas vidas e são e fazem suas familias felizes, então não vejo porque não podemos ser felizes e termos nossas famílias.No meu modo de viver jamais me sentiria feliz em um meio social não hetero, numa profissão mais ecletica.Sinto desejo por mulheres, no entanto predominar o desejo por homens, mas na prática minhas experiências com homens são poucas e com mulheres em maior numero.Não sou confuso, vou me casar e ser feliz junto com minha familia, mas de vez em quando dar uma escapadinha não custa nada, é só ter cuidado.

    • Na vida tudo é escolha. Você escolheu seguir homens que traem e voltam para suas famílias como se fosse algo natural. Não seria mais digno e honesto de sua parte avisar sua futura esposa que é bissexual com desejo incontrolável por homens e que está pronto para ter outros parceiros além dela? É no erro de outras pessoas que você se pauta para se desculpar?
      Neste caso espero que sua futura esposa também tenha relações com muitos homens e que ela volte para a família como se nada estivesse acontecendo. Assim você poderá provar de seu veneno. O que você diz ter de aparência masculina, parece lhe faltar em caráter. Sinto por sua noiva que está à beira de se casar com alguém como você.
      E por favor, não diga que a ama, pois depois do que você escreveu fica ridículo insistir nessa idéia. Quem ama não usa a outra pessoa! Se a ama e confia no amor dela por você, então conte a verdade para ela. Isso sim seria prova de amor!
      Torço para que ela descubra toda a verdade antes de cometer a idiotice de se casar com alguém como você!
      Essa sua idéia de que por ter desejo por pessoas do mesmo sexo o faz obrigado a viver em um gueto e ter uma profissão gay (como se isso existisse) é tão absurda, que, sinceramente, me faz duvidar de seu relato, Não é possível que exista alguém que tenha conceitos tão ultrapassados como os seus nos dias de hoje. Pode confessar, seu relato falso é só para ver a reação dos outros, não é não?

    • Joguei seu e-mail no Facebook e achei um perfil. Aparentemente um fake. Notei também que só há homens entre os seu amigos.
      Bom, sua vida sexual com homens, parece ser mais ativa do que vc relata.
      Exponha isso à sua noiva. Quem sabe ela não curta a ideia e assuma logo que também gosta de meninas.
      See ya!

    • Naianne, gostaria de ver seu ex confirmar esse papo de teste na vida dele, na frente de um juiz, se você o processasse por danos morais! Mas é cada cafajeste…

  11. Grande Antônio – Enfim, um homem com “H” por aqui. Adorei o seu post. Para ser “GAY” tem de ser muito macho, ter alma nobre e saber o que quer na vida. Mentir, machucar pessoas é coisa de sacripantas. Não me interessa o motivo que leva alguém a ludibriar outro, Mau-caratismo é a pior coisa que existe. Tem que se assumir, e arcar com tudo aquilo que a vida lhe propuser, caso contrário, de que vale estar vivo?

  12. O q vou dizer aqui nao faço ideia se já dissraqm. Sou gay, casado, filho pequeno, minha esposa sabe, sempre soube e nosso relacionamento é otimo. Minha esposa me conheceu em boate gls, sentia e sente atraçao por gays, ela acha diferente, sexy, e assim ficamos e deu certo. Decidi namorar ela e depois casar por varios motivos. O primeiro é óbvio e egoísta. Por nao ser assumido e com muito medo de me assumir socialmente (no meio de tanto preconceito nao vejo necessidade disso) namorar e casar era perfeito para viver em paz, sem disse me disse, sem ter que me assumir pra ter algum do meu lado, cuidando de mim e pra eu cuidar…
    O segundo é que tenho tesao no fato de me assumir como gay com uma mulher, na cumplicidade desse fato. Terceiro que descobri que ficar com uma mulher que gosta de gays pode ser tao bom quanto ficar com um homem. Ela adora ser ativa comigo, adora minhas fantasias, adora fazer sexo a 3 e sinceramente só por isso pra mim já é muito melhor ser casado com uma mulher parceira, do que com outro homem, Por fim, fora o sexo sobra o ser humano. O amor é maior do que o sexo, o amor diferente, o carinho, a vontade de estar junto, de dormir abraçado, de cuidar, de proteger. Tudo isso tbm existe, nao estamos falando de sexo.
    Sendo assim eu acho que sou feliz casado com uma mulher, mesmo sendo gay e ela comigo, numa boa, sem estresse…Graças a Deus achei a mulher certa e acho que vamos envelhecer juntos. Sei que 90% de vcs, mulheres em choque por estarem casadas com gays, ter um relacionamento assim é impossivel mas, sei que algumas aqui podem até pensar no assunto. Entao fica a dica: Será que vcs nao poderiam embarcar na fantasia dos seus maridos gays? Viajar neles daqndo pra outro homem na sua frente? Ficando com outro juntos de vcs, ou mesmo sendo dominados por vcs no sexo a 2? Sera q nao da pra tirar um monte de brincadeira gostosa disso? Tentem, afinal sexo é sexo, a alma da pessoa é muito maior que isso. Outra coisa, cuidado com o termo bisexual, sao poucos, muito poucos os que sao realmente bi, e todos os gays nao assumidos se dizem bisexuais. Isso nao quer dizer, tambe´m, que um gay nao consiga transar com a mulher, muitos maridos conseguem fazer isso mas pra eles é um esforço, eles transam com vcs fazendo uma obrigação, para nao acabar o casamento, para se enganarem. Eles conseguem isso imaginando um homem com eles, como se vcs fossem um homem. O homem consegue ter ereção so de fechar o olho e imaginar uma cena, uma fantasia, mas eles nao estao ali fazaendo amor com vcs…Por outro lado, se vcs aceitarem e incentivarem a eles a fazer sexo como sao, com brincadeiras, provavelmente terao seu marido na cama pela primeira vez na vida e pode acontecer até de nao quererem mais um hetero no lugar…
    bjs pra vcs..

    • Danilo, por acreditar nessa cumplicidade, que vou me casar daqui dois meses, com meu noivo bissexual, quando nos conhecemos eu já sabia de sua vida passada, ele se abria muito comigo. Até que nos apaixonamos e começamos a namorar e estamos juntos como namorados e noivos há 3 anos. Já nos desentendemos por causa de internet, mas nunca peguei nada, converso com ele sempre, e sempre me mostro amiga, indagando se ele quer embarca no casamento, ou quer que sejamos apenas amigos, mas que mesmo amigos sempre estarei ao seu lado, ele declara que me ama, que quer se casar, e construir uma família. Nos completamos muito na cama, só não vivemos ainda fantasias, por falta de tempo e local, mas quando casados já temos as fantasias que queremos realizar. Sou muito apaixonada por ele, e o amo muito, não duvido do amor dele por mim. Só tenho medo como toda mulher de um dia ele se apaixonar por outra pessoa e me deixar, nunca brigamos feio, discutimos coisas corriqueiras de casais normais. Ele é muito carinho, me enche de mimos, esta sempre presente… Quero embarcar nisso e sei dos riscos, só desejo que sejamos felizes, sempre na base do amor, da amizade, da cumplicidade e do dialogo, sendo o dialogo e a amizade o que nos uni até hoje,,,,

      Bjs

  13. Olá para todos,
    O grande mal é o preconceito,
    Concordo não ser fácil nem comum aceitar, mas acho pior esconder e enganar. (além de causar riscos para a parceira que desentendida não se precavia, certo que toda higiene e cuidado deve iniciar do homo). Bem, gostaria de por meu ponto de vista; “- em minha opinião, existem os gays bem casados e CUMPLICES de suas parceiras, onde ele a AMA de todo e profundo sentimento verdadeiro”. Podemos chamá-los de bissexuais, casados. (me enquadro aqui, e ela sabe o quanto à AMO, nos completamos e somos sempre abertos ao falar de forma recíproca sobre o bissexualismo, de forma ampla e totalmente discreta e sigilosa). Somos casados à quase 20 anos, um filho de 18 e há 10 tomei coragem e me abri apenas com ela, que é quem mais me importo nesta vida. (minhas relações mais concretas de experiências bi iniciaram apenas 2 anos depois disso, portanto me considero ter tido uma grande curiosidade antes). Ela é hetero de opinião formada e instruída, além de criada tradicionalmente de família simples e católica, como todas teve uma dificuldade ao aceitar, mas com muito diálogo, levou toda nossa vida em consideração e também meu carinho para com ela e minha família. Apenas eu ela e nossos parceiros sabem, temos pessoas cuidadosamente selecionadas como parceiros. Gostaria apenas que, antes de se preocuparem com o que falarão de vocês, que fizessem um balancete em suas vidas e consultassem suas verdadeiras consciências e opiniões. E para aqueles que buscam a felicidade aí vai meu conselho.
    Se não puder vencê-lo juntasse a ele. Sejam felizes antes de qualquer coisa. Sempre se precavei. Conheçam bem as pessoas aos quais dividirão estas idéias. Conheça os limites e reipeite. E boa sorte!
    Com muito amor, carinho, cumplicidade e respeito.

  14. gENTE NAO SEI O QUE EU FAÇO,TO A 10ANOS COM O CARA E NO DIA 2 DESCOBRIR Q ELE E GAY,PEGUEI MENSAGENS NA INTERNET E COMEÇEI A JUNTAR TUDO, FUI ATRAS DE AMIGOS NOSSOS E A BOMBA TODOS SABIAM MENOS EU E A FAMÍLIA DELE,PESSOAS Q ENTRARAM NO MEU CASAMENTO SUBIRAM NO ALTAR COMIGO JURARAM POR DEUS,HJ TENHO UMA FILHA COM ELE DE 2 ANOS Q E SUPER APEGADA COM ELE,O QUE EU FAÇO?DESCOBRIR Q NO PASSADO ELE ERA APAIXONADO POR UM HOMEM USAVA SHORTS CURTO FAZIA A UNHA E USA CALCINHA COM MODES DIZIA P AS MESMAS AMIGA Q SE DIZ MINHA AMIGA HJ Q NAQUELE MES A MENSTRUAÇÃO DELE NAO TINHA DESCIDO E Q IRIA DA OS MODES P ELA,ME SINTO ENGANADA ILUDIDA TUDO NAO SEI,PRECISO DE UM ADVOGADO?Eu larguei a minah carreira por causa dele eu deixei sonhos homens de verdades p la para ficar com ele e ele fez isso

  15. Olá!
    Estou com duvidas quanto a sexualidade do meu marido e tenho sofrido muito com isso…
    Estamos casados a mais de 18 anos e temos 3 filhos. Quando o conheci eu tinha 16 anos e ele 19, na época ele tinha alguns amigos que pareciam ser gay, que tinham muita intimidade com ele, mas como era muito nova e inocente achava que era amizade. Ele chegou a receber presentes de um desses, sem ser em data de aniversário e tals. Uma vez ele me confessou que havia um amigo que de vez em quando dava carona para ele e que chegou a passar a mão no penis dele, na época fiquei muito indignada e até terminei tudo, mas enfim, voltamos e nos casamos. Depois do casamento ele se revelou uma pessoa grossa, intolerante, rejeitava meus carinhos e inclusive já me rejeitou até na cama. Mas, eu o amava e parecia que não enxergava a verdade. O tempo foi passando e ele sempre me tratando super mal, já descobri uma traição dele com uma” mulher” uma vez, que inclusive ele confessou, não sei se queria me dar um motivo para me separar, ou se queria despistar quanto ao fato de eu ter desconfiança dele ser gay, mas época não conseguia sair desse casamento. Mas de uns 7 anos pra cá, meus sentimentos foram mudando, voltei estudar, fiz uma faculdade, comecei a me relacionar com outras pessoas e enxergar a vida de uma outra forma, mas não consigo me separar. Penso nos filhos e penso nele também, quando falo em separação ele chora, diz que me ama e faz um teatro para os filhos. Sinto que minha vida emocional esta de cabeça p baixo e as vezes. Ele nunca me fez um carinho espontâneo, tudo parece ser forçado. Sinto falta de ser amada, sinto falta de me realizar como mulher. E a uns 3 dias uma pessoa conhecida me disse que já ouviu dizer que quando nós namoravamos ele saia com gays… Não sei o que fazer. Se alguém puder me aconselhar ficaria muita grata.
    Obrigada

    • Estou impressionado com o número de casais que estão sofrendo esse problema!
      Tenho 40 anos e gosto de homens. Sofrí muito com isso quando jovem, pois sempre namorei mulheres e tive minha primeira relaçao gay aos 27 anos. Naquela época eu era noivo e amava minha noiva… mas eu tinha que experimentar esse tipo de sexo. Experimentei, gostei e decidí acabar com o noivado. Fiz isso justamente para que no futuro não acontecesse o que está acontecendo com vcs! Em tudo na vida existem os prós e os contras! Prós: Sou gay e sou feliz assim. Para ser gay, vc não precisa se assumir pro mundo, o mais importante é vc se assumir pra vc mesmo! Contras: Sempre tive um desejo enorme em ser pai! Sei que existem “n” maneiras de eu realizar esse sonho e ainda vou conseguir! Meu conselho à todos vcs é: NÃO ADIANTA A MULHER TENTAR PASSAR A MÃO NA CABEÇA DO MARIDO ACHANDO QUE ISSO É UMA FASE E IRÁ PASSAR!!! Isso não passa meus amigos ! O cara poderá até lutar contra isso e ficar anos sem procurar outro homem. Mas um dia isso vai acontecer de novo! O melhor a fazer é tentar se separar, se possível de uma forma amigável. Nós homens somos diferentes das mulheres. Somos visuais, nos excitamos pelo que vemos ou nos atraímos, somos primitivos nesse quesito.
      E àqueles homens que estão em vias de se casar achando que o casamento vai curar esse problema… cuidado!!!

  16. Nesses últimos meses o assunto homossexualidade esteve muito em pauta. Primeiramente pela acertadíssima decisão que equiparou a união estável homoafetiva (no caso de 2 pessoas do mesmo sexo) à união estável heterossexual. Notem que o que o STF fez foi dar a um casal do mesmo sexo que vivem juntos, os mesmos direitos de um casal de heterossexuais que vivem juntos SEM TEREM SE CASADO. Pois bem, a grande maioria da imprensa noticiou esse fato como A APROVAÇÃO DO CASAMENTO GAY. O que se seguiu a isso foi um show de preconceitos e baixarias vindos de todos os lados, mas em especial de pseudo-religiosos intolerantes, que no fundo não passam de homofóbicos.
    Para completar a novela que esteve no ar até hoje, Insensato Coração, fez um belíssimo trabalho de esclarecimento da homossexualidade e da luta contra a homofobia, o que enfureceu ainda mais os homofóbicos.
    Muitos deles tem não cansam de repetir frases como: ” Ah… esse assunto de gays já cansou” ou “Pô agora qualquer coisa virou homofobia” ou ainda “os gays querem transformar todos as pessoas em gays”.
    Tudo isso não passa de homofobia, que muito provavelmente não será revertida nos próximos anos.
    Existem muitos tipos de gays, os afetados, os sérios, os bons, os ruins, os honestos, os desonestos, enfim todos…menos um:os gays heterossexuais!
    Não há nenhuma maneira de transformar um heterossexual em um homossexual: ISSO É IMPOSSÍVEL! Da mesma forma que é impossível transforma um homossexual em heterossexual, por mais que algumas seitas (eu não considero quem diz fazer isso religião) afirmem essa barbaridade.
    O que acontece na realidade é que alguns homossexuais podem serem levados a reprimir o seu desejo sexual de tal forma, que esse desejo por pessoas do mesmo sexo desaparece, mas porque o desejo sexual desaparece.
    Em um país extremamente machista como o Brasil, que maltrata as mulheres, as crianças, os idosos, os negros (o Brasil foi um dos últimos países a abolir a escravatura) não é de se estranhar que existe e existirá por mais um bom tempo esse preconceito contra os homossexuais. Nem todo HOMEM HOMOSSEXUAL é suficientemente MACHO para suportar a pressão da sociedade, então o que eles fazem? Se casam!
    Dai concluímos que os homens homossexuais que se casam, na realidade e ao contrário do que muitos pensam, são os mais frágeis (digo frágil de forma elegante, para não dizer outra coisa) e não os mais homens!
    Sei que quem não é homossexual pensa que a homossexualidade é algo anormal, pois se afinal existem homens e mulheres, que podem gerar filhos e são complementares e se atraem, por que algumsa pessoas “””escolhem””” a homossexualidade? Aí começa todo o tipo de especulação: coisa do demônio, sem vergonhice, falta de caráter, etc, etc, etc.
    Tudo isso seria muito mais simples se entendessemos que, por um motivo desconhecido, que só caberia a DEUS NOSSO SENHOR E CRIADOR EXPLICAR (e como Ele não nos deve satisfações Ele não explicou até agora), algumas pessoas sentem REALMENTE atração por pessoas do mesmo sexo e ponto final. Não é doença, não é preferência/escolha (os bissexuais até podem ter preferência e escolherem um ou outro sexo, os homossexuais não), A HOMOSSEXUALIDADE É UMA CONDIÇÃO! A pessoa é homossexual e ponto final! É uma característica da pessoa e não se pode fazer nada a esse respeito (será que fazer alguma acoisa a respeito seria necessário?). O Homossexual, entretanto, pode escolher exercer ou não a sua sexualidade. Ele pode, por exemplo, nascer e morrer virgem, sem jamais ter qualquer tipo de contato sexual com outra pessoa. Se isso for uma escolha pessoal, ótimo! Mas se isso for uma imposição da sociedade, então classifico isso de tortura!
    Chegará o dia em que a sociedade perceberá como foi injusta com homossexuais, como já foi com os negros, os indios, as mulheres, os idosos, as crianças, os velhos, os menos favorecidos financeiramente, entre outros.
    O ser humano está em constante evolução e infelizmente parace que só evoluimos com “algum” sofrimento. Alguns dos grupos que citei como perseguidos no passado, ainda são perseguidos atualmente, mas contra isso, receberam proteção especial de leis específicas. Os homossexuais lutam por uma lei contra a homofobia e pela equiparação de alguns direitos que ainda não têm, quando comparados aos heterossexuais. Essa luta têm sido muito difícil pois algumas pessoas querem fazer entender que Deus, que criou os homossexuais (e não acreditem em quem diz ao contrário) os abomina! Essas mesmas pessoas, de uma maneira bastante asquerosa, não chamam a atenção dos que desconhecem a Bíblia, que esse mesmo livro trata as mulheres de forma absolutamente inferior ao homem, que trata a escravidão como algo natural, entre outras coisas. Daí vem a posição de quase todas as religiões de que as mulheres devem ser submissas e são incapazes de exercer algumas funções como rezar uma missa, pregar em um culto entre outras diversas atividades do cotidiano. Agora que as mulheres “puseram as manguinhas de fora” (obviamente no conceito deles) e não podem mais servir de saco de pancada social, a ira dessas pessoas se volta de forma mais concentrada contra os mais indefesos, socialmente falando, os homossexuais. É especialmente triste perceber que muitos homossexuais lutaram pela igualdade de direitos das mulheres e que o machismo, maior gerador da homofobia, é especialmente incentivado pelas mulheres ao educarem seus filhos (de ambos os sexos).
    Escrevi demais, estou cansado e quero agradecer mais uma vez o dono do blog, que terá de ler meus comentários para decidir se deve publicá-los. Muito obrigado!

  17. Prezada Sol,

    Como disse anteriormente o blog não é meu. Resolvi dar uma checada e ver os novos depoimentos e me deparei com o seu me pedindo uma ajuda. Fiquei meio triste pois percebo que seu comentário foi escrito em janeiro e eu só estou o respondendo agora em agosto! Mas antes tarde do que nunca, não é?
    Seu caso é muito difícil e sinceramente não me atreveria a dar um palpite mais direto. Sei como essa situação deve estar sendo difícil para você, principalmente pela forma agressiva que seu marido trata suas filhas, conforme seu relato. O fato dele falar que ele é bissexual somente pela internet chega a beirar a comicidade, se não fosse na realidade, uma tragédia. Desde quando a sexualidade de alguém se transforma dependendo do meio onde ela está? Será que se ele viajar para a Ásia ele se tranformará em homossexual e na África ele virará um travesti? Faça-me o favor…
    Sempre dei muita importância para a família, por isso acho que se suas 2 filhas não sabem de nada, seria melhor esconder tudo isso delas. Nunca deixe elas perceberem nada sobre o pai. Acho triste o fato de ele agir dessa maneira, imagino elas. Para a filha o pai é muito importante (não que para o filho não seja) e muitas vezes o modelo dado pelo pai a norteará na escolha do marido.
    Uma coisa que sempre me surpreende é o número de homossexuais que se casam com mulheres e quando pegos em uma traição se saem com essa de que é bissexual. Desde quando ser bissexual significa que a pessoa deve se relacionar com um homem E com uma mulher? Se a pessoa é bissexual, pode significar que a chance dela de achar um(a) parceiro(a) é imensa, dado o fato de que tanto um quanto outra o satisfariam. Mas em minha opinião o bissexual deve achar seu parceiro(a) e ENCERRAR sua busca e não continuá-la até achar outro parceiro do sexo complementar.
    Não sei qual é o seu limite para suportar essa situação. Quando se é mais jovem, pensa-se muito em buscar a felicidade própria a todo o custo. Hoje penso que você deveria esperar suas filhas se encaminharem e depois resolver sua vida. Sei que minha opinião é bastante polêmica e que muitos podem achá-la até mesmo machista, mas acho que devemos fazer o possível para manter a felicidade dos filhos.
    Fico bem triste com a postura pouco digna de seu marido de além de ser pego: 1. no flagra 2. em uma traição 3. com alguém de outro sexo consegue continuar sendo agressivo. Dizem que a melhor defesa é o ataque, mas isso é realmente ridículo! Acho que a melhor coisa a fazer é sempre conversar MUITO, principalmente sobre a agressividade dele.
    Nem você nem suas filhas são culpadas por ele sofrer do coração e se tem alguém que se preocupar com o coração, em todos os sentidos, é ele. Por seu comentário pude perceber que você é uma pessoa legal, que o ama realmente e que ama suas filhas. Hoje não é muito fácil encontrar pessoas assim. Muitas em seu lugar teriam feito um escândalo, o que eu acho bem inapropriado, pois não leva a absolutamente lugar nenhum!
    Te desejo a melhor das sortes, um futuro mais feliz, com muita paz e saúde!
    Um beijo,
    Antonio

  18. Nossa que absurdo, quantos maridos enrustidos. Porque vcs se casaram??? Será que todos homens casados são gays??? Meu Deus estamos perdidas. Pelo jeito o melhor a fazer é não se casar!!!

  19. Dois meses de casada e descobri no computador que meu marido falava com homossexuais e travesis pelo msn, praticava sexo virtual e ate mesmo vi atraves de algumas conversas encontros marcados. Me separei no mesmo dia, entrei em depressão e nem sei dizer tudo que eu sentia, so sei dizer que eram coisas terríveis, até hoje ele nega e diz que e tudo mentira e que não foi ele que escreveu tdo aquilo… lógico que foi e tenho certeza disso… depois de ler vários relátos aqui no blog, penso.. nossa isso é mais normal do que eu pensava, não estou sozinha nesse barco, mas é realmente desonesto esses “homens” fazerem isso com mulheres que sonham em passar a vida com eles e relamente amam e pensam ser amadas e desejadas como mulher, e de uma hora para outra so sabem se sentir como lixo, como pessoas despresadas, humilhadas e enganadas. Só peço a Deus que sare essa ferida que foi deixada na minha vida e na minha história. Assim como na vida de cada uma das várias mulheres que aqui vem deixar o seu desabafo, o seu relato e um pouquinho do seu sofimento para ver se ele é amenizado.

  20. eu to passando por isso, desconfio que meu marido é gay, sou recem casada, e minha desconfiança é muito grande, só de pensar na possibilidade eu ja quero morrer.

  21. antonio, gostaria de saber a sua opinião sobre omeu caso: sou casada a 22 anos e temos ambos 49 anos e temos 2 filhas maravilhosas. e recentemente descobri que o meu marido é bissexual, foi um choque,mas conversamos e ele me disse que era só pela internet e que nunca teve contato com ninguem que foi só uma coisa fisica que amor mesmo era pormim que ele sentia e gostaria que eu o perdoasse e que se eu o deixasse não teria sentido ele continuar vivendo, pior é que isso é verdade pois ele bebia muito e fumava muito tbem, deixou disso depois que teve um problema de coração que quase o levou a morte,mas agora com essas confusões ele voltou a beber e fumar novamente. E eu estou muito magoada,confusa,sentindo usada enfim pior que lixo. E não sei que decisão tomar, pois estou muito confusa hora eu quero que ele fique ehora quero que ele se vá e seja feliz,mas aí que tá ele diz que se eu manda-lo embora ele irá morrer, aí eu fico com muita pena, pois ele é uma pessoa muito dificil não é de fazer amigos e não se dá bem com os seus parentes é realmente uma pessoa muito solitária e nada humilde,por isso eu me preocupo com o seu bem estar pois afinal é o pai de minhas filhas, mas por outro lado com tudo isso ele não deixa a sua arrogancia de lado que faz as minhas filhas sofrerem. Por isso te peço me de uma luz, please help me

  22. Desculpem-me, mas não resisto a pedidos de ajuda. Não
    gostaria de parecer intrometido, já que o blog não é meu, mas sinto
    que os depoimentos transbordam angústia e acho que poderia tentar
    ajudar. Cris, Gostaria de te sugerir algo: Leia o seu comentário
    excluindo suas dúvidas sobre a sexualidade de seu marido e verá que
    a provável hom/bisexualidade dele não faz a mínima diferença, logo,
    o problema não é a hipotética homo/bisexualidade de seu marido que
    está atrapalhando seu relacionamento e sim o seu marido! Você fala
    tão mal dele (tudo bem que você está desabafando), que a impressão
    que você passa é que o seu casamento já acabou há muito tempo!
    Aliás, nem entendo como pode ter começado. Será que você não
    conseguiu perceber tudo que você acha dele agora, ANTES de se casar
    com ele? Desculpe minha aparente frieza, mas acho que falar da
    sexualidade dele, a uma altura dessas, só vai piorar as coisas. Vai
    soar como ameaça, e ameaçar alguém aparentemente violento como ele
    não me parece uma boa escolha. Espero que você tenha mais sorte e
    sobretudo mais critério quando escolher seu próximo parceiro, isso
    quando você conseguir terminar essa relação, espero que sem maiores
    problemas. Yego, Como você é menor de idade, seus pais ainda são
    responsáveis por você. Os pais deveriam ser os melhores amigos de
    seus filhos, mas infelizmente, nem sempre isso acontece. Se esse
    for seu caso e dado o seu sofrimento por conta de sua atração
    sexual por alguém do mesmo sexo, seria muito bom você procurar a
    ajuda de um profissional da saúde, como um psicólogo por exemplo.
    Saiba que durante a adolescência, muitos jovens podem sentir essa
    atração, sem obrigatoriamente indicar homossexualidade. Pode ser
    algo passageiro! Mas caso você sinta que não é, não se desespere!
    Como você está se sentindo desconfortável com esse sentimento, uma
    ajuda seria ideal. Meu conselho: não minta para você e nem para
    ninguém! Nunca engane alguém só para esconder algo que você não
    quer demonstrar. A mentira é o pior dos caminhos, inaceitável para
    pessoas de bom caráter. Ninguém é obrigado a sofrer por algo que
    você não consegue/quer aceitar! Não estou dizendo que você é
    obrigado a contar seus sentimentos para qualquer pessoa, mas não
    envolva outra pessoa em uma situação baseada em mentira. Boa sorte
    e saiba que SE você REALMENTE for homossexual, não será o primeiro
    e nem o último e que pode ser que seus pais não o aceitem, seus
    amigos não o aceitem, mas saiba que Deus sempre te amará! Nunca
    acredite nas asneiras que falsos religiosos querem fazer os
    homossexuais engolir. NINGUÉM É DEUS! Só Jesus Cristo foi perfeito
    e ao que me consta, ELE nunca falou NADA contra os homossexuais!
    Tenha fé em Deus e amor ao próximo, esses são os grandes segredos
    para se viver bem!

    • Antonio, obrigado pelas palavras, ainda estou meia atordoada com tudo, mas estou tentando leva a minha vida, vc tem razão o meu casamento acabou faz tempo.
      Meu marido não casou comigo por amor, mas pq ele queria era realmente ser pai e ter alguém para ele mostra a sociedade que ele e homem ou parece, na minha opinião ele é um covarde. Na verdade ainda não conversei com meu marido sobre isso, pq sei que ele vai nega, menti, e vai ate fazer cena de ofendido, prefiro sofre comigo mesmo e aos pouco coloca a minha vida em ordem e vou superando tudo, vou tentar ser uma mulher forte, pra quando chega o momento certo, eu pula fora deste barco, ate lá vou tentando a madurecer para pode compreendê-lo, já que estou muito amargurada com tudo e acaba descontando nele. Quero pode encontrar alguém novamente que possa me fazer feliz, mas acho que este não e um bom momento, pois, sinto dentro de mim que apensar de tudo eu amo ele, vc acredita, acho que e por isso que dói tanto, pq eu estou sendo usada pela pessoa que amo, estou sendo manipulada pela pessoa que eu escolhi pra ser o pai a minha filha, a dor não e pela fato de ser homo ou bi, é pela traição, pela manipulação, e pelo desprezo que ele me da como mulher, já que ele não me procura mas, eu sei que vou ter força e vou passar por isso com coragem, e que Deus vai ilumina o meu caminho para eu pode começa, e agradeço a Deus por ter me mostrado tudo que vi, pq so agora posso dizer que conheço um pouco o pai da minha filha, pq aquele homem com quem namorei acho que na verdade ele nunca existiu o que existiu foi um ator da vida real, tentando fazer um personagem, e difícil imagina que exista tantas pessoas assim que vive no mundo obscuro, isso e difícil de aceita, acho que é pq sempre fui autêntica e sempre falei o que pensava e achava, sempre coloquei a minha mas sincera opinião e atitude em tudo, e difícil aceita o falso quando vc, pessoa é a mas pura verdade.

  23. bom.. eu tenho 15 anos e sinto que tenho uma atração por
    homens. Eu já me apaixonei pelo meu melhor amigo, mas eu nunca
    contei isso a ele, pq tinha medo d q a nossa amizade se perdesse.
    Ninguém sabe que eu gosto de homens. Eu sofri muito com essa paixão
    reprimida e nos últimos meses, esse meu amigo começou a namorar, o
    q me fez sofrer ainda mais. Eu me sinto muito mal com isso e já não
    sei o q fazer. Penso em levar essa minha vida em segredo, e qnd um
    dia eu me relacionar com homens, eu quero que ninguém fique
    sabendo. Mas mesmo assim tenho muitas dúvidas, me sinto perdido…
    Me ajudem.. :( abraços

    • Yego, Você é um jovenzinho, se descobrindo, pela sociedade ser tão preconceituosa, imagino como deve ser difícil pra você, sugiro q você na hora que se sentir preparado, se assuma, não precisa sair contando pra todo mundo, mas talvez um amigo, um primo, prima, uma amiga, mãe ou pai, podem te dar o apoio necessário, Mas nunca engane ninguém, pois isso é a pior coisa que você pode fazer.

      Beijos, se quizer me escreva, flordelis0001@live.com

Pode desabafar! Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s