Mamãe, quero um tanque. De guerra.

Você já ouviu falar em Tank Girl? Eu já e eu lia as histórias na Revista Animal (saudades!). Mas eu era muito moleque e não entendia. Então surgiu o filme Tank Girl. Curiosidade: Naomi Watts. (Sim! A mesma que enfrentou uma menina além-túmulo psicopata e virou amiguinha de um gorila gigante.) foi atriz coadjuvante.

Tank Girl é ambientada num futuro decadente australiano e ela é uma fugitiva do governo. Ela tem um canguru como namorado e é uma porra-louca do caralho. Tem uma atitude punk e cabelo a la skinhead. A personagem foi criado por Alan Martin e Jamie Hewlett. Essa é a Tank Girl dos quadrinhos. Muita atitude a garota tem.

Tank Girl - Fala a�! Garota cheia de atitude!

Então surgiu o filme e a Tank Girl ficou bonitinha, doidinha e engraçadinha. Lori Petty no papel principal. Hmmm…nem conseguiu enganar como Tank Girl.

 Tank Girl - O Filme

O filme é legalzinho. Dá para se divertir com as loucuras e aventuras com direito a uma encenação musical de Let’s do it do Cole Porter. Mas toda a atitude da personagem foi pelo ralo. A relação quase homoerótica dela com a Jet Girl é mínima. E o namorado canguru é um bobão. Ou seja, tudo o que fez a Tank Girl ser Tank Girl, foi pro ralo.

Agora visualmente, o filme até é interessante pois mistura o filme com algumas cenas em quadrinhos. Bem, pelo menos na época era interessante. Os efeitos especiais parecem efeitos de segunda categoria. E o tanque… ai ai ai…

Se puder leia os quadrinhos primeiro, afinal a primeira impressão é a que fica. E a primeira e verdadeira impressão que deve ficar dela é o girl power. Não esse girl power divulgado por ídolos adolescentes. Tank girl é girl power elevado ao caralho.

Lembro que os quadrinhos eram violentos, sem noção. O fator diversão veio quando eu tinha idade sufiiente para entender a história. Nada de Britney Spears ou Aguilera servindo de modelo para as meninas de hoje. Tank Girl does it better. So much better.

* Se você se sentiu ofendido com os palavrões, i’m sorry mas Tank Girl precisa disso.

Anúncios

Um comentário sobre “Mamãe, quero um tanque. De guerra.

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s