O Ilusionista

Assisti O Ilusionista (The Illusionist). Não é o melhor filme do ano, mas também não é um filme medíocre. Ele cumpre o papel que todo filme deveria ter: entreter. Não sou fã do Edward Norton e tirando o fato de ele ser meu xará, eu gosto de vê-lo em ação.

O filme se passa em Viena numa época antiga onde um jovem camponês e uma jovem duquesa se apaixonam, mas logo são separados por serem de classes diferentes. O jovem camponês some e depois de muito tempo volta como um grande mágico que impressiona suas platéias com truques de ilusão. E não demora muito para que a jovem duquesa e o grande mágico se reencontrem e a chama do amor volta a brilhar.

O Ilusionista

A mágica sempre cativou e impressionou as pessoas. Ainda mais se elas são belas. E é isso que é mostrado no filme. Claro que com uma ajuda da fotografia e dos efeitos especiais. E por falar em fotografia, não é uma fotografia alternativa, mas é gostoso ver o filme e apreciar suas belas cenas. E claro que nada de enquadramento modernos geniais, mas mesmo assim dá para se envolver no filme.

E é claro que você acaba se envolvendo no filme, tudo bem que eu fui com a cara dos jovens apaixonados e detestei o vilão da história. Se é que existe um vilão. E então você acaba torcendo pelos mocinhos, mas chega uma hora no roteiro (não sei se intencionalmente, ou pelos furos no roteiro) que eu não consegui adivinhar para onde iria parar a história. Mas chega a um fim sem muitas forçadas de barras (pelo menos não explicitamente).

Enfim, é um bom filme. E é sempre bom ver o Edward Norton em ação. Somado a uma bela fotografia e belas cenas. Talvez seja um filme que não é preciso ver no cinema, não há cenas grandiosas que precisem de uma tela gigantesca para causar um efeito. Talvez possa até ser assistido na tv de casa. Mas que não se pode passar em branco (mesmo que para odiar o filme ou esquecer no dia seguinte), afinal filmes que conseguem entreter as pessoas sem violência e sexo gratuitos ou mensagens politicamente corretas, está difícil de se encontrar.

Imagem: Cinema com Rapadura

Anúncios

2 comentários sobre “O Ilusionista

  1. Olá, vc já viu o filme História Americana, com o Ed Norton? Não o vejo com um grande ator, mas sim como alguém que cumpre o esperado. Mas nesse filme que citei, ajudado por um close do diretor, ele está bem.

    Grande abraço.

    Não assisti, mas como falei também não sou grande fã dele para correr atrás dos filmes dele. Se por acaso, algum dia eu topar com esse filme, assistirei.

    Beijão!

  2. Poxa, você sabe, eu adoro esses filmes de mágico…
    Já são dois que eu to querendo ver: “O grande truque” e “O ilusionista”.
    Mas o melhor de todos os filmes de mágicos é a cena de abertura do “Beijos e Tiros”. É genial, de tirar o fôlego mesmo!
    Abs.

    Vou ver se consigo assistir esse filme. Eu também estava querendo assistir “O Grande Truque”, mais por causa do Bowie…hehehe. Mas não está mais passando nos cinemas, então agora só em DVD.

    Abraço.

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s