Outro Filme Gay

Há algum tempo atrás escrevi sobre um filme adolescente pastelão e graças à magia da internet, consegui assistí-lo e tenho que dizer: eu até compreendo o que os adolescentes vêem de tão engraçado em comédias adolescentes como American Pie. Eles simplesmente se identificam com os personagens e com as situações constrangedoras que passaram. E posso afirmar isso porque o Another Gay Movie é um retrato cômico de todas as situações que um adolescente gay já passou ou presenciou. Se Porky’s foi a comédia adolescente da geração de 80 e American Pie, a da geração 2000. Another Gay Movie são para os gays de todas as gerações. Tudo bem que a estética é totalmente hollywoodiana, mas quem se importa ultimamente com isso. Eu, sinceramente, estava cansado de ver filmes sobre gays somente no circuito alternativo e com uma estética alternativa. Queria muito ver um filme sobre adolescente com estética hollywoodiana em que o gay é retratado como mais um e não o diferente.

E claro que como todo filme adolescente desse gênero, o tema gira sobre o sexo e como perder a virgindade. Se para adolescentes héteros pode parecer complicado escolher se vai perder a virgindade em um prostíbulo ou com a namorada da escola, para adolescentes gays, a coisa pode ser um pouco mais complicada: além de decidir entre prostíbulos ou o colega da escola, temos que decidir se queremos ser versáteis, passivos, ativos ou whatever. Mas isso não os deixa em um eterno dilema, vamos tentar de tudo um pouco e ver no que vai dar. E geralmente, a diversão é de quem assiste. E se Porkys tinha suas cenas de nudez feminina, afinal era isso que importava para os adolescentes héteros, Another Gay Movie tem muitas cenas de nudez masculina, full frontal totally, baby. Afinal, é isso que importa para gente. Queremos ver o proibido, tórax super malhado já vemos desde a época do Rambo.

E por fim, se esse filme pode ser um útil instrumento para mães e pais, embora não iríamos querer assistir com eles esse filme e para muitos héteros por aí, o filme serve de lição para os gays também que se rotulam e dificilmente se misturam entre as tribos. Como num filme hollywoodiano onde a vida é perfeita, não existe o preconceito entre afeminados e machões, passivos ou ativos, negros ou brancos, gordos ou magros, velhos e jovens. Quem sabe um dia a fantasia vire realidade. E que várias mães tenham a mesma reação da simpática mãe de Nico na abertura do trailer.

Anúncios

Um comentário sobre “Outro Filme Gay

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s