Nagi Noda

Já sabemos que embora a maioria dos japoneses mantêm a tradição. E já conhecemos a maior parte dessas tradições: sushis, cerimônias do chá, quimonos, etc. E também sabemos que os japoneses possuem uma certa fama de corretos e tal. Bem, sempre há exceções e as exceções são muitas neste caso.

Com um visual que pode lembrar Harajuku, Nagi Noda é a artista japonesa do momento. Diretora de curtas, comerciais, clipes, diretora de arte de campanhas publicitárias, artista plástica e criadora de um híbrido de panda com alguma coisa. Passou cinco anos em Nova York estudando arte antes de retornar para Tóquio.

Noda ficou conhecida mundialmente com um curta chamado “Ex-Fat Girl” com o qual ganhou vários prêmios. Se você acha que japoneses são esquisistos (sim! nós somos!), você vai achar eles mais esquisitos ainda depois de ver esse vídeo de Noda, que foi feito para a Panasonic durante as Olimpíadas de 2004. Você pode não achar nada demais, mas você vai ter alguma reação (boa ou ruim) e vai comentar com seus amigos no bar, na faculdade ou no restaurante. E assim, o comercial faz o seu papel.

E por falar em comerciais, Noda também fez um comercial para a Coca-Cola, repetindo seu premiado clipe para a cantora japonesa Yuki. Idéias simples sempre parecem causar um impacto maior. Ah, quer saber quem canta a música? Reconhece a voz? Sim, é o Jack White.

Mas parece que Noda caiu no gosto popular com sua criação linda, fofinha e maravilhosa que segura na foto acima. É um Hanpanda. Hanpanda é um panda e mais alguma coisa, um outro animal. E ganhou tanto notoriedade que existe um hanpanda-hello-kitty. E para quem não sabe, a Hello Kitty é um fenômeno no Japão.

Noda possui uma estética, às vezes, bizarra e por isso, acho, que chama atenção. É uma estética diferente e inovadora no mundo (até quando, eu não sei). Suas propagandas de moda também são fascinantes (ou intrigantes?) porque precisamos parar para observar e decifrar o que estamos vendo. E mesmo que seja segundos a mais do que você gastaria para ver qualquer outra propaganda de moda, já fez uma diferença. E no mundo da moda atual onde parece que modelos e comida não combinam, Noda coloca os dois elementos no mesmo comercial.

E se você achou tudo meio bizarro e esquisito, dê uma olhada no site dela e veja o curta que ela fez sobre duas canecas apaixonadas (se é vendido em par, nunca compre um só!). O amor também pode ser bizarro e surreal.

Quer um hanpanda? Clique aqui.

Quer saber mais sobre Nagi Noda? Então é aqui.

 

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s