Marky Mark

Há quase 20 anos atrás, eu gostava, ouvia e cantava junto Good Vibrations. Já sabia do que gostava e o apelo de um cara saradão sem camiseta com cara de safado e cueca Calvin Klein aparecendo chamava a minha atenção.

Quem diria que um ídolo pop passageiro no mundo da música pudesse viram um ídolo pop permanente no mundo do cinema? E hoje acho que foi a melhor coisa que ele fez: trocar música por cinema.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s