Arte e Som #15

Eis Closer do Nine Inch Nails

Que Mark Romanek possui uma veia artística um pouco mais diferente de outros diretores, já sabemos. Ainda mais com seus tons surrealistas como o clipe da Madonna, Bedtime Story, que junto com o clipe do Nine Inch Nails, Closer, fazem parte do acervo do Museu de Arte Moderno de Nova Iorque.

A versão que está aqui é a versão editada para ser veiculada na televisão. Censuras a parte. O clipe, além do seu clima pesado e sombrio, possui muitos simbolismos e uma fotografia maravilhosa. Bem, vindo de Mark Romanek só pode ser uma fotografia maravilhosa e uma edição intensa. Até as partes censuradas foram editadas de tal forma que parecem fazer parte do contexto do clipe. Não sabe quais partes foram censuradas. Assista novamente e veja os quadros pretos com os dizeres Missing Scene. Estas cenas não foram perdidas, foram censuradas. Não lembro de ter visto a versão integral, mas com todo o clima que o clipe possui, essas Missing Scenes só ajudam a intensificar esse clima. Bem, o proibido sempre foi gostoso de se imaginar.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s