Cotidiano #2 – O susto na cadeirante

Ultimamente, tenho andado muito de metrô, como já disse. E nessas andanças, tenho visto muitos cadeirantes nas estações. O que eu acho muito legal, pois isso mostra que, pelo menos o metrô, já tem infra-estrutura (maldito novo acordo ortográfico) para esses usuários.

Num dia desses, havia uma cadeirante, uma moça loira muito bonita que precisava de ajuda para descer do trem, pois a plataforma ficava um pouco elevada e lá fui eu pronto para ajudar. Cadeira de rodas automática (um luxo!), mas ela precisava que levantasse um pouco a cadeira e quando eu fui ajudar, o SUSTO! Empinei a cadeira dela um pouco mais da conta e quase que ela cai em cima de mim. Mas, graças a Deus, não aconteceu.

Quando saímos do trem, ela agradeceu e eu pedi desculpas pelo susto. Ela disse que era normal, pois ela realmente precisa de um impulso maior para conseguir sair do trem. Foram poucas palavras trocadas, mas foi além de um “bom dia”e um “obrigado”.

Foi legal ajudar, mas só não foi perfeito por causa do susto que eu dei nela. Se eu a encontrar, acho que vou perguntar antes se ela quer a minha ajuda ou não, pois eu não quero dar um susto nela novamente.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s