Gays & Esportes

As Olimpíadas já foram. Assisti alguns pedaços da abertura e vi as Spice Girls na cerimônia de fechamento. Quem diria que eu viveria para vê-las juntas novamente.

Merchandising é tudo nessa vida! Por favor, Deus, que o reencontro tenha terminado quando elas saíram do palco.

Mas enfim, entre as senhoras aí em cima e fotos de teor homoerótico, encontrei uma lista com os 23 atletas publicamente assumidos que estavam competindo nessas Olímpiadas. Desses 23, 10 ganharam medalhas (sendo dois atletas). Sim, eu acredito que é um grande avanço ter pessoas publicamente assumidas competindo nas Olímpiadas e não nos Gay Games. Mas algo me incomodou nessas listas: o fato de ter poucos homens assumidos (3 de 23) e todos em esportes individuais.

Matthew Mitcham — Salto ornamental — Australia
Via: Buzzfeed
Edward Gal — Adestramento (hipismo) — Países Baixos — Medalha de bronze
Via: Buzzfeed
Carl Hester — Adestramento (Hipismo) — Grã-Bretanha — Medalha de Ouro
Via: Buzzfeed

Ok. Temos atletas gays competindo nas Olimpíadas. E isso é um grande avanço, certo? Certo, mas é um pequeno passo. Querendo ou não, salto ornamental e hipismo não estão nos 5 esportes mais assistidos numa Olimpíada. As mulheres estão melhores nesse quesito, participando em basquete, vôlei de praia e futebol. E é aqui que eu paro e me pergunto: cadê os homens nesses esportes? Simplesmente não há porque ser gay em um grupo basicamente heterossexual ainda é estranho. O que um heterossexual pensaria se tivesse que dividir o chuveiro do vestiário com um gay? Mesmo que seu colega de time fosse o melhor atleta do grupo será que ele se sentiria confortável em ficar nú na frente dele? Muitos responderão que não veem problema, mas será que num grupo de pelo menos 11 atletas como o futebol, todos estariam confortáveis em ficar nú na frente de um colega que eles sabem que é gay?

Por exemplo, esse tipo de brincadeira não iria ser possível.
Via: WWD

E por conta desse machismo ( ou a falta dele) que um atleta gay dificilmente irá se assumir para o seu time, pois ele será tratado diferente. E mesmo que não haja nenhuma tensão sexual dele com seus colegas de time heterossexuais, esses podem ficar paranóicos que um gay esteja olhando seu corpo nú no vestiário. Claro que tudo isso é bobagem. Um atleta sério não está lá fazer um gang bang com seus colegas num vestiário, muito menos ficar observando os corpos deles. Um atleta sério está lá para competir e ganhar pelo seu time. Mas parece que, infelizmente, um ótima atleta pode  ser derrubado por sua orientação sexual.

E para finalizar o post, um outro post com o depoimento de um jogador de futebol que se escondeu enquanto jogava porque o maior sonho dele era ser jogador de futebol. Nas palavras dele, ele se descobriu jogador de futebol antes de se descobrir gay.

Anúncios

3 comentários sobre “Gays & Esportes

  1. Nunca imaginei o sofrimento descrito no seu post e no texto indicado. Acabei indo parar num blogue chamado gay4soccer.com e vou te dizer que vergonha saber que esse site precisa existir. Um abraço.

    1. Pois é, né? Num mundo perfeito, esse tipo de site e depoimento não precisariam existir. Esse site é um achado valioso, uma vez que o homossexualismo ainda é algo estranho para algumas pessoas, o homossexualismo nos esportes é mais estranho ainda.
      Mas um dia eu ainda vou entender porque o rótulo que colocamos é mais importante do que o valor da pessoa.

      Uma abraço.

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s