Vinhos e vinagres #2

Kelly Lebrock povoou as fantasias de milhares de adolescentes nerds na década de 80 quando apareceu como a mulher perfeita no filme Mulher Nota 1000 (Weird Science). Aquele corpo escultural escondido estrategicamente com pedaços de roupas fazia todos babarem por ela. Ela também estreiou o filme A Dama de Vermelho protagonizando a famosa cena a là Marilyin Monroe. E mais fantasias surgiram.

O sonho dos adolescentes do anos 80 e muitas horas no banheiro…

Depois, como a década de 80, ela caiu no esquecimento, não fazendo mais nenhum filme relevante e um casamento/divórcio com o ator Steven Seagal. Dedica-se a filantropia e é porta-voz do Club Carson que cuida de crianças com câncer.

Kelly Lebrock em 2008.
Foto: Katherine Christine/WENN

E aí? Vinho ou vinagre? Eu não posso dizer vinagre porque não é. Pode ser um vinho, mas, infelizmente é um vinho que tenta manter o sabor da primeira vez. Não dá para esconder todos os produtos tóxicos que estão lá para tentar manter o mesmo sabor. E isso faz com que o vinho fique menos atrativo, mas não chega a ser um vinagre. Seria um ótimo vinho se tivesse envelhecido sem produtos químicos.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s