Enquanto isso no Japão…

Se a Lady Gaga e a Katy Perry tivessem uma filha, certamente o resultado seria Kyary Pamyu Pamyu.

@kyarypamyupamyu
@kyarypamyupamyu

Kiriko Takemura, seu nome verdadeiro, é uma japonesa de 19 anos. É também blogueira de moda, modelo, empresária e, provavelmente, a melhor concepção nua e crua de Harajuku sem filtros ocidentais.

Sua carreira musical decolou em maio de 2012 quando estourou no YouTube com o clipe PonPonPon, que é quase como se pingassem um colírio alucinógeno nos nossos olhos e ficamos pensando “WTF?”. Até parece um clipe infantil, mas com a quantidade de drogas que devem ter tomado para criar esse vídeo e a Vovó Malfada do inferno, infantilidade está longe disso. Na verdade, tudo que você vê remete ao estilo kawaii, Harajuku e, provavelmente, todas as referências pops que estiveram em alta até então. Tudo junto, misturado, chacoalhado e servido para você num drinque tropical com milhares de enfeites.

Com esse vídeo Kyary mostrou o que ela tem a oferecer: uma música pop chiclete sem letras profundas (Every day PON / Everytime is PON), muitas cores (muitas mesmo), muita estranheza, muito exagero e muito humor. Mas muito de tudo enjoa, então no seu vídeo seguinte, ela se conteve (um pouquinho) e com uma forte influência de Alice no País das Maravilhas (que já é estranho por natureza), Kyary lançou Tsukema Tsukeru.

A Lady Gaga pode usar seu vestido de carne, mas vamos dizer a verdade, um vestido de carne não é tão bonito e fofo quanto uma saia de pacote de doces, né? E por falar em doces, seu terceiro vídeo CANDY CANDY  é o que seria California Gurls da Katy Perry, se Katy fosse Kyary Pamyu Pamyu. E de todas as estranhezas, a que mais me intriga é porque tem uma cebola numa música que fala sobre doces???

E se até então, você achou tudo muito colorido, Kyary se conteve nas cores em Fashion Monster, mas para compensar ela colocou na sua mistura Alice (de novo), Família Adams, Jack (aquele do mundo estranho), as lolitas góticas de Harajuku, um pouco de O Chamado, uma pitada de steam punk, uma pitada de escatologia, um pouquinho de A Viagem de Chihiro. Tudo isso acompanhado de um mestre samurai a là Conehead. Ufa!

E no meio disso tudo, as pessoas crescem e se tornam adultas, até Kyary Pamyu Pamyu, que vai completar 20 anos no final de janeiro. Pausa para a curiosidade. No Japão, fazer 20 anos é uma ocasião especial. É quando os jovens atingem a maioridade. E claro que para Kyary não vai ser diferente. Bem, pode ser um pouco, afinal não é qualquer jovem que lança um clipe para celebrar seus 20 anos. Ah, e só para não ficar tão perdido, com 20 anos você pode fumar e beber.

Enfim, essa é Kyary Pamyu Pamyu. E esse é meu novo vício. Tudo me chama a atenção como uma criança dentro de uma loja de brinquedos (quase que literalmente). Provavelmente, esse vício logo passará, mas assim como a Madonna e a Lady Gaga, Kyary atiça minha curiosidade para saber o que ela vai aprontar da próxima vez. E assim, renovar meu vício. Ou não. Afinal, todo japonês é bizarro.

Kyary-pamyu-pamyu1

Anúncios

2 comentários sobre “Enquanto isso no Japão…

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s